quinta-feira, 6 de junho de 2013

Abram a gaiola que lá vai o ânus


Sabe quando você está cansado das mesmas notícias dos jornais, complemente desiludido com a política, com a imprensa, com a mesmice da vida que segue quando ela podia pulsar emocionantemente todos os dias?

Pois é, acho que é muito por isso que gosto tanto de ler e poder sonhar e viajar por dentro, por fora, e acho que foi por isso também que eu fiquei um tempão sem incluir um post novo aqui (ou você pode simplesmente chamar de falta de inspiração, se não estiver nos seus dias de educação exemplar, rsrsrs)

Mas hoje não. Além da emoção que “Hotel Global” me transmite em suas páginas quase finais, fazendo dessa vida uma vida, realçando todos os gostos e cheiros e sensações – vou parar, não quero falar de livro hoje -, tem enfim uma notícia interessante que você pode ler na íntegra no link mais abaixo:

Chocolate moldado a partir de ânus de modelo causa polêmica

O que você fez? Riu? Fez cara de nojo? Arregalou os olhos de espanto? Vai, confessa. É criativo, não é mesmo? Se vai ajudar a acabar com o preconceito em torno do ânus, da relação com o ânus, eu não sei, mas talvez enseje o questionamento.

São tantos parâmetros que nos mantêm engaiolados. Precisamos pensar sobre isso, precisamos abrir as portas de cada gaiola, cair em gaiolas maiores e maiores e maiores até serem tão grandes que nem dá pra ver. Aí estaremos livres, ou mortos, ou ambas as coisas. Mas a sensação desse caminho é boa e aberta, é um convite da vida.
  



3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  2. Eu achei engraçadissimo, principalmente porque coincidiu com o evento do Malafaia e discursos esdrúxulo sobre a questão do homossexualismo como doença e tantas outras teorias pra lá de absurdas e falas contraditórias.

    Enfim, adorei o texto Rita, de fato é uma notícia inusitada e me fez sair da mesmice. Também só posto algo no blog quando estou inspirada.

    ResponderExcluir